Viajar para o exterior pode ser algo bastante caro se não houver o planejamento adequado. Além de compra/renovar seu passaporte/visto, reservar seu voo e também suas acomodações, você deve pagar pelo transporte, comida e todas as experiências incríveis pelas quais saiu de casa. 

E, mesmo se você tiver cartões de crédito ​​ou um cartão de débito vinculado à sua conta corrente, provavelmente você precisará trocar a moeda em algum momento, seja antes ou durante a viagem. 

Sendo assim, você precisará saber onde conseguir esse dinheiro sem ter dor de cabeça e perder muito com as taxas. Por isso, continue acompanhando este conteúdo e saiba mais sobre o assunto.

O que saber sobre câmbio

Em primeiro lugar, talvez você queira aprimorar e entender os princípios básicos da taxa de câmbio. Por isso, pesquise e examine a moeda local do seu destino e verifique se existem determinadas regras e regulamentos. Até porque, ao trocar seu dinheiro, você deve saber exatamente o que está pagando.

Onde não trocar moeda

Antes de sair para trocar moedas, é importante entender onde não trocar moedas. 

Por exemplo, pode parecer uma opção conveniente trocar dinheiro no aeroporto (já que você já vai estar lá para viajar), porém as taxas de câmbio do aeroporto e dos principais centros de transporte não oferecem as taxas mais favoráveis.

Esses lugares sabem que eles serão sua primeira ou última opção de troca de moeda, de forma que eles paguem taxas adicionais e comissões. O mesmo vale para o seu hotel e os principais centros turísticos. 

Por isso, o primeiro ponto que você deve ter em mente é evitar quiosques nos aeroportos, a menos que sejam seu último recurso durante uma emergência ou você saiba que é a única opção disponível no seu destino.

Onde trocar moeda

Se você gosta de planejar tudo com antecedência e deseja trocar moedas no Brasil (o que é mais indicado), a sua melhor aposta pode ser em um banco ou em uma casa de câmbio.

A maioria dos grandes bancos vende moeda estrangeira para clientes pessoalmente em uma agência local. Você também pode solicitar a moeda online ou por telefone para enviá-la para sua casa. Embora conveniente, esse método vem com taxas de envio, por isso é importante considerar este aspecto antes de fechar negócio.

Além disso, retirar moeda estrangeira de um caixa eletrônico também pode ser uma boa opção. Mas antes de fazer isso, consulte seu banco local sobre a política deles sobre taxas de transação estrangeira.

Além disso, muitas pessoas gostam de usar cartões de crédito quando viajam, especialmente para evitar de carregar grandes quantias de dinheiro na carteira.

Porém, saiba que seu cartão de crédito provavelmente irá cobrar uma taxa de transação estrangeira toda vez que você faz uma compra.

Portanto, informe-se sobre o uso do seu cartão de crédito antes de viajar para garantir um bom negócio. Muitos desses cartões vêm com outros benefícios relacionados a viagens, como seguros e descontos em despesas relacionadas a viagens. Vale a pena buscar mais informações com seu banco.

Dicas para gerenciamento de dinheiro

Lembre-se sempre de que as taxas de câmbio mudam constantemente. 

Por isso, se você deseja o melhor valor pelos reais que está trocando, é uma boa ideia prestar bastante atenção ao que está acontecendo na economia e à direção em que as taxas estão se movendo.

Além disso, planeje seus saques em dinheiro com sabedoria e evite ter muita moeda não usada quando você cruza fronteiras entre países que usam moedas diferentes. Isso também ajuda a minimizar as taxas de retirada.

Agora que você já está mais informado sobre trocas/compras de moeda estrangeira, não perca tempo! Comece suas pesquisas, negocie e tenha uma ótima viagem!

Compartilhe: