Estou sendo traída: como comprovar essa traição?

A suspeita de uma traição é bastante recorrente entre homens e mulheres, sendo que o convívio com essa desconfiança pode causar danos irreversíveis para o casamento. Devido à gravidade do assunto, é fundamental verificar formas de comprovar a traição.

Caso você tenha certeza que está sendo traída, mas não sabe como comprovar essa traição, a contratação de um detetive particular torna-se uma alternativa a ser avaliada. Contestar o parceiro sem certeza por resultarem brigas e inviabilizar que a situação seja honestamente esclarecida.

O que faz um detetive particular?

Inicialmente é preciso saber oque faz um detetive particular em casos de investigações conjugais. O profissional contratado vai fazer o monitoramento do investigado para acompanhar as ações dele, caso ele encontre-se com outra pessoa ou ter atitudes suspeitas será descoberto durante o período.

No primeiro momento, o cliente contratante deve informar ao investigador quais são as suspeitas e passar as informações básicas do cônjuge, como nome, carro, rotina, foto e demais dados úteis para iniciar a investigação.

Em seguida será destinado um detetive particular especializado em traição para realizar o monitoramento até que algo anormal seja constatado ou que se verifique que a suspeita não se confirmou.

Como o investigador pode provar uma traição?

Ao procurar um detetive particular o principal benefício refere-se ao levantamento de provas que atestem a traição, como fotos, vídeos, áudios, mensagens, localização, entre outras informações que permitam que a cliente tenha certeza da infidelidade do parceiro.

Um detetive particular profissional possui diversas técnicas e equipamentos que possibilitam coletar essas provas, como câmeras, gravadoras, softwares espiões, GPS acoplado no carro e escutas.

Com esses recursos é possível descobrir uma traição em pouco tempo. As informações coletadas por essas estratégias são reunidas em um relatório final que é entregue à cliente contratante do serviço.

No relatório constam todos os procedimentos usados para descobrir a traição e também as provas coletadas durante o período, independente do formato do arquivo, como fotos, vídeos,áudios e outros. O detetive também realiza um relato e conclui o caso,confirmando ou refutando as suspeitas iniciais da cliente.

Essas provas podem ser usadas em um processo de divórcio?

Em muitos casos de divórcio, a cliente tem interesse em comprovar a traição do parceiro justamente para que as provas possam ser usadas em um processo judicial.

Dessa forma, todas as provas obtidas durante o processo de investigação são coletadas de forma legal, podendo ser usadas em processos civis. Um detetive reconhecido e com experiência não fará o monitoramento usando técnicas ilegais, como escutas telefônicas, filmagens de quartos de hotel, entre outras não aceitas em julgamentos.

Com isso, a cliente garante que poderá comprovar a traição com máxima descrição, pois o detetive atende aos interesses exclusivos dela, e eficiência, pois a investigação tem duração entre uma semana e 15 dias, sendo tempo suficiente para verificar se o parceiro tem outra pessoa.

Ao escolher um detetive particular para investigar uma traição é fundamental contar com um profissional experiente e de confiança, que explique as técnicas usadas, use procedimentos legalizados e entregue um relatório final do caso.