Quando fazer a Blefaroplastia?

A blefaroplastia é uma cirurgia estética realizada para remoção de pele enrugada e caída das pálpebras superiores ou inferiores. O procedimento é bastante procurado uma vez que, com o passar do tempo, a pele vai perdendo elasticidade e gordura, obtendo rugas e tornando-se flácida.

Para rejuvenescer e dar um frescor na pele, a cirurgia é realizada para proporcionar uma aparência mais natural, sendo feita toda por dentro da pálpebra e sem mexer na musculatura, o que torna a recuperação da blefaroplastia bastante rápida.

Quem pode fazer blefaroplastia?

Por sua camada fina, a pálpebra é o primeiro fator que evidencia as marcas de envelhecimento. A partir dos 40 anos, a pele vai perdendo mais tonicidade e quanto mais cedo se trata, mais natural a aparência pós cirurgia fica.

Vale lembrar que não existe uma idade ideal para a blefaroplastia, mas o mais recomendado é que a cirurgia seja feita em pessoas que tenham idade mínima entre 35 e 40 anos.

Um diagnóstico pré-operatório deve ser feito para identificar a real necessidade da cirurgia. Algumas pessoas mais jovens (a partir dos 18 anos) costumam buscar as clínicas estéticas para realizar o procedimento desde cedo, então a avaliação torna-se ainda mais essencial. É preciso verificar as características da pele, influência genética e exposição solar.

Cuidados sobre a blefaroplastia

Com duração entre 40 minutos e 1 hora, a blefaroplastia é um procedimento simples que costuma ser realizado com anestesia local. O cirurgião plástico determina a área em que será feita a cirurgia (podendo ser pálpebra superior, inferior ou nas duas) e depois realiza cortes na região determinada, retirando o excesso de pele. A cicatriz gerada é fina e fica facilmente escondida nas dobras da pele ou sob os cílios.

No prazo de uma semana, os pontos são retirados e o paciente é liberado para atividades normais do dia a dia. Mesmo com recuperação rápida, é preciso se atentar a alguns cuidados:

  • Não é indicado que seja realizado nenhum esforço ou exposição da região a substâncias que podem afetar a recuperação durante a primeira semana.
  • É importante lembrar que logo após a operação o rosto não ficará da forma desejada. O inchaço e os hematomas são normais após o procedimento, mas podem causar algum tipo de desconforto. Se puder descansar totalmente nesse período, melhor.
  • Não force a vista utilizando celular, televisão, computador ou tablet. Seus olhos precisam de descanso neste momento.
  • Não utilize lentes de contato após a cirurgia. Converse com seu médico para entender os prazos de recuperação.
  • Proteja-se dos raios UV. Utilizando óculos de sol, chapéu e protetor solar, assim você consegue aproveitar sem sofrer alterações durante a reabilitação.
  • Mantenha o corpo saudável, evitando o consumo de tabaco, bebidas alcoólicas e alimentos industrializados. Quanto mais saudável e nutrido estiver o seu corpo, melhor será para seu organismo realizar o processo de cicatrização da blefaroplastia.

Com o mínimo de invasão, você dá adeus às bolsas de gordura e ao aspecto cansado que muitas vezes elas podem gerar no rosto. Mas é de vital importância seguir as recomendações médicas. Elas contribuem para uma recuperação realmente mais rápida e com uma evolução visível de resultados da blefaroplastia.