Fazer seguro de vida saiba mais sobre isso

A importância de fazer seguro de vida!

Sobre os motivos para fazer seguro de vida, porque e quando fazer! Aqui, vamos falar um pouco sobre:

Você tem filhos? é casado?

Tem construído um patrimônio, lutado bastante, abrindo mão de muita coisa para poder ter uma casa, um carro?

Pois é, muita gente pensa assim, batalha demais e se esforça para alcançar uma conquista, pensando sempre no futuro…

Mas o quanto no futuro você pensa??

O quanto você está calçado no presente, de forma a te proteger, para que esses planos não sejam interrompidos ou comprometidos?

Sempre que tocamos no assunto “fazer seguro de vida” as pessoas sempre fazem associação a morte, sempre que se fala nisso, parece que estão “agorando” nossa morte, ou de alguma forma, monetizar um momento doloroso na vida de todos.

Fazer seguro de vida, para a vida!

Você sabe o real propósito do seguro de vida??? É comum associar a indenização de um seguro a “enriquecimento rápido”, mas o propósito disso é bem diferente!

Seguro de vida serve principalmente para dar um suporte financeiro aos que ficam, por um tempo de médio a longo(em média, 3 a 4 anos) até que a família se restabeleça por completo da perda sofrida.

Nossa, mas 3 anos?? então um seguro de vida tem que ter valores absurdamente altos, não é mesmo??

Não….

Na verdade o cálculo correto do seguro de vida se baseia na renda do pai(ou da mãe, no caso, com a fração referente a participação do segurado na renda da familia) por um tempo determinado, como mencionamos 3, ou 4 anos…

Quer ver um exemplo rápido??

Um pai de familia contribui com R$1.000,000 ao mês dentro de casa(a contribuição pode ser de 1 a 100% isso é indiferente)… Além disso, vamos pensar que esse pai de família, tem um imóvel de R$100.000,00 em seu nome.

Se formos pensar no valor de seguro que permita a família se manter por 4 anos, o valor necessário será de R$48.000,00 …

Claro, existem taxas de inventário que podem variar de acordo com os bens que a pessoa possuía em vida, mas a título de  explicação, vamos usar uma taxa de 12% ,então, nesse caso, será cobrado por esse imóvel,no inventário, R$12.000,00.(12% de R$1000.000,00)

Então, serão os 48.000,00 necessários para a família se manter  + R$12.000,00 para o inventário, totalizando R$ 60.000,00 para manter a família completamente ilesa financeiramente.

Ah, detalhe…seguro de vida não entra no inventário!!!

Claro que é um cálculo simplório, mas é apenas um exemplo para ilustrar.

Mas a idéia é essa, ao fazer seguro de vida, você passa a promover segurança financeira por um tempo pré determinado para família.

“eu entendi, mas seguro de vida , então, só serve para quando eu morrer?”

Não!!!!!!

Fazer um seguro de vida também serve para te ajudar em vida!

Quer ver um exemplo?

Existe uma cobertura no seguro de vida que garante sua renda, mesmo que você não possa trabalhar por um determinado tempo.

Essa cobertura é chamada de “diária por incapacidade diária” e você contrata e determina o valor que vai receber na hora( sempre com base na renda atual da pessoa )

Ou seja, é um seguro com cobertura que lhe protege ainda em vida!

Está vendo só?

Seguro de vida não serve apenas para quando você falta!

Procure um corretor de seguros na sua região, o mais importante é ter informação correta para sua necessidade.

Seja uma corretora de seguros em Santos, uma corretora de seguros em São Caetano, em Santo André, no Rio de janeiro, o importante é procurar informação e identificar as formas mais adequadas para garantir sua proteção e tranquilidade para você e sua família!

Lutamos muito e devemos sempre procurar proteger aquilo que conquistamos! E o principal, nossa família

Um abraço!!!