Empreender em casa: a tendência dos negócios home office

Empreender em casa: a tendência dos negócios home office

15 fev

O home office chegou para ficar. Não apenas empresas passaram a permitir que seus funcionários trabalhem do conforto de suas casas como também empreender em casa é uma tendência para aqueles que decidira virar seu próprio patrão.

Com as diversas possibilidades da internet – que muitas vezes faz parecer que na verdade estamos perto de outros profissionais mesmo quando estamos do outro lado do mundo -, nada mais natural que existam diversas formas de tirar proveitos do modelo home office. Aqui, separamos três tendências:

Freelancer

Quem não conhece um profissional freelancer, aquele que presta serviços para diversas empresas, sem a necessidade de ser exclusivo de nenhum contratante? Muito requisitado nos últimos anos, o Freelancer é um exemplo de profissional que pode trabalhar muito bem em home office – ou em qualquer outro lugar que quiser, como cafés, coworkings ou até mesmo viajando como nômade digital. Algumas profissões em alta para o profissional freelancer são: desenvolvedores/programadores, marketing digital, jornalistas, entre outros.

Microempresa

Muito comum no formato consultoria, este é outro formato de emprego sem chefe que é possível desenvolver em home office. Basta o empresário abrir uma empresa que preste serviço a outras, sem a necessidade de trazê-los para o escritório – e, se necessário, é sempre possível realizar reuniões em espaços compartilhados ou salas alugadas. Também tem como vantagem a autonomia, porém é necessário bastante trabalho para consolidar sua marca como uma nova empresa no mercado, visto que começará como um pequeno negócio.

Franquia digital

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor de franquias está em ascensão no Brasil. Por isso, uma ótima opção para quem quer abrir um negócio é investir em uma franquia digital. Uma das grandes vantagens em atuar com uma franquia digital é que o empreendedor não começa do zero, e sim com uma marca já reconhecida no mercado. Assim, gera credibilidade ao seu negócio instantaneamente.

A franquia digital é uma modalidade em que o franqueado não precisa abrir um local físico para atuar – ou seja, a marca aceita home office. Um exemplo disso é uma franquia de marketing digital, onde o empresário atua atendendo pequenas e médias empresas que precisam de serviços de publicidade web. E o melhor: franquias desta categoria cabem no bolso e precisam pouco equipamento (apenas computador, telefone e internet são o suficiente para manter o negócio ativo e faturando).

Seja qual for o modelo escolhido, lembre-se: assim como qualquer outro trabalho, trabalhar em home office requer responsabilidade e um alto poder de gerenciamento de tempo!

Compartilhe: