Como começar a fazer sua própria cerveja

Para iniciados recomendamos a elaboração de cerveja a partir de kits. O uso destes kits é extremamente fácil e permite obter cervejas de excelente qualidade, logo na primeira vez. Os kits para o fabrico caseiro de cerveja consistem numa lata com extracto de malte concentrado ao qual foi adicionado lúpulo (para dar à cerveja o amargor) e um pacote de leveduras para a fermentação. Tudo o que necessita é dissolver em água, deixar fermentar duas semanas e engarrafar.

mestre cervejeiro

A cerveja, tal como a maioria dos produtos alimentares exige cuidados adequados de higiene. Antes de se iniciar nas técnicas de elaboração de cerveja aconselha-se a que leia a secção de higiene e desinfecção.

O extracto de malte usado nos kits é obtido a partir de uma selecção de maltes adequados ao tipo de cerveja a produzir só assim voçê será um mestre cervejeiro. Estes maltes são submetidos ao processo normal de brassagem para a conversão do amido do malte em açúcares fermentáveis. A solução açúcarada resultante deste processo (mosto de cerveja) é depois concentrada e é-lhe adicionado o lúpulo. O uso de kits torna a elaboração de cerveja muito simples para o cervejeiro caseiro, basta dissolver o conteúdo do kit em água para preparar o mosto da sua cerveja. Alguns kits requerem a adição de açúcar para que na fermentação se atinja o teor alcóolico desejado. Os melhores kits são obviamente aqueles que contêm o extracto de malte em quantidade necessária à obtenção de cerveja sem qualquer adição de açúcar. Poderá melhorar a qualidade das cervejas elaboradas com base em kits que apelem ao uso de açúcar, substituindo-o total ou parcialmente por extracto de malte em pó.

Uma vez preparado o mosto é necessário adicionar as leveduras de modo a dar início à fermentação. Durante a fermentação alcóolica as leveduras vão transformar os açúcares existentes no mosto em alcool e dióxido de carbono (CO2). Esta transformação dá-se em ambiente anaérobico, ou seja, ao abrigo do ar. Normalmente, a fermentação é levada a cabo em recipientes de plástico próprio para alimentos, chamados fermentadores. Para permitir a saída do CO2 e impedir a entrada de microorganismos para a cerveja usa-se um borbulhador. Este dispositivo é colocado no fermentador com um pouco de solução desinfectante. Deste modo, o CO2 borbulha através da solução desinfectante que impede qualquer contaminação da preciosa cerveja agora vamos mostrar os processos e tipos de cerveja.

Bom, e agora mãos à obra …

Equipamento nessário:

— Kit (inclui extracto de malte e levedura)
— Fermentador (com borbulhador)
—Colher de plástico (desaconselham-se colheres de madeira pois podem alojar microorganismos)
—Termómetro (opcional)
—Densímetro (opcional)

Instruções

Antes de iniciar:

Verifique que todo o equipamento se encontra devidamente lavado, desinfectado e passado por água.

Preparação do mosto:

Retire o pacote de levedura que se encontra dentro da tampa do kit, e retire também o rótulo de papel do kit.

— Mergulhe a lata em água quente durante alguns minutos. Este passo destina-se a tornar o extracto de malte menos viscoso e facilitar o passo seguinte.

— Abra a lata e transfira o conteúdo para um fermentador devidamente esterilizado. Use 2 a 3 litros de água quente para extrair completamente o extracto de malte da lata.

— Adicione 2 litros de água quente. Caso o kit que está a usar necessite de adição de açúcar aproveite para dissolver o açúcar nesta água. Caso opte por usar extracto de malte em pó, em vez de açúcar, dissolva-o igualmente nesta água.

— Mexa bem até dissolver completamente o conteúdo do kit.

— No fermentador, adicione água fria até ao volume total do kit. Mexa bem.

— Deixe arrefecer até cerca de 20 – 25 ºC

Fermentação:

— Adicione as leveduras a 100 mL de água (cerca de meio copo) a 25-30ºC. Agite e deixe repousar 10 minutos. Por se tratar de microorganismos as leveduras não se dissolvem em água. Obterá uma suspensão de leveduras e não uma solução!

— Mexa a suspensão de leveduras e adicione-a completamente ao conteúdo do fermentador (que neste momento deve estar a 20-25 ºC). Agite fortemente.

— Cubra o fermentador e coloque o borbulhador contendo solução desinfectante.

— Coloque o fermentador num local com temperatura entre os 18 e os 24ºC.

— Passadas 12-24 horas deverá ver a saída de gás através do borbulhador, sinal que a fermentação arrancou. Caso não observe actividade no borbulhador certifique-se que a tampa do fermentador está bem encaixada e que o fermentador se encontra na gama de temperatura recomendada (18-24ºC).

— Deixe fermentar durante duas semanas ou até que cesse a actividade no borbulhador. A velocidade da fermentação depende da temperatura, pelo que poderá demorar mais ou menos tempo em função da temperatura do fermentador. Conheça também o que é Cerveja Escura

— Engarrafe a sua cerveja.

— Espere 1 a 2 semanas e disfrute!