O Sedentário
Se um indivíduo não pratica nenhuma atividade física e tem uma queima de calorias muito baixa, ele é considerado um sedentário.

Como consequência de ser sedentário ele está sujeito a perder a flexibilidade nas articulações e ter hipotrofia muscular, além de estar sujeito a diversas outras enfermidades como:

obesidade
diabetes
hipertensão
colesterol alto
infarto

O sedentarismo atualmente é considerado a doença do século, já que atinge uma grande parcela da população mundial. E é para derrotar o sedentarismo e todos os males relacionados a ele que ficar em forma é mais do que importante, é crucial!

Como Reverter esse Hábito?
O caminho para voltarmos a ficar em forma não é tão fácil após cedermos nosso corpo a anos de sedentarismo.

Dependendo do tipo de exercício que escolhemos para entrar em forma novamente, vamos sentir falta de ar, dores musculares e podemos até sofrer alguma torção mais séria.

Por isso, é imprescindível fazer um exame com um médico ANTES de iniciarmos qualquer atividade física. E também é indispensável ter um profissional de educação física para nos guiar e recomendar quais exercícios devemos (e podemos) praticar.

O Oxigênio e os Músculos
Quando temos o hábito de realizar alguma atividade física, nosso corpo funciona bem, nossos músculos ficam firmes, temos mais fôlego para subir escadas ou para uma caminhada um pouco mais longa e vigorosa.

Quando praticamos algum exercício aeróbico tipo: caminhada rápida, natação, corrida, basquete, futebol, etc, oxigenamos os músculos.

O Processo em Andamento
O que acontece é que para executar essas tarefas aeróbicas, os grupos musculares vão precisar de mais oxigênio e assim o coração vai acelerar seus batimentos para enviar esse oxigênio mais rapidamente pelo sangue.

Frequência, Duração e  Intensidade
Um ponto importante a destacar é a frequência, a duração e a intensidade do treinamento aeróbico. 

Para ter os resultados esperados é necessário manter uma regularidade com sessões de 3 a 5 vezes por semana com uma duração entre 15 a 20 minutos inicialmente.

E para a intensidade inicial, é preciso realizar treinos com 50 a 60% da frequência cardíaca máxima. (Aqui é que entram os exames e aconselhamento médico, que são exclusivos para cada pessoa.)

Importante frisar que o treino deve iniciar de forma suave e ir progredindo a intensidade aos poucos.

Oxigênio Agindo no Cérebro
Para realizar as tarefas com eficiência, o cérebro necessita de uma quantidade constante de oxigênio e nutrientes como a glicose e carboidratos. 

O oxigênio, que é necessário para dar energia aos músculos quando o corpo realiza atividades físicas aeróbicas, também oxigena nosso cérebro. O oxigênio abastece nosso cérebro de neurotransmissores essenciais para ele trabalhar melhor, nos tornando mais ágeis e motivados.

Os Benefícios de Estar em Forma
Estando em forma nos prevenimos daquelas várias doenças citadas acima, e entre os benefícios de entrar em forma podemos destacar:

  • emagrecimento, já que as atividades aeróbicas vão diminuir a gordura corporal
  • seu sistema cardiovascular vai melhorar muito
  • os níveis de colesterol vão ser reduzidos
  • prevenção da osteoporose 
  • redução da pressão sanguínea

Não Esqueça da Boa Alimentação
Lembre-se que uma alimentação balanceada deve sempre acompanhar os treinos ou atividade física, se você deseja manter a boa forma e saúde.

A Importância do Lazer
Algo que deve ser sempre levado em conta quando se pensa em ter qualidade de vida e saúde são as atividades de lazer.

Os momentos de lazer devem sempre estar presentes em nossas vidas, nos ajudando a relaxar e cuidando de nossa saúde física e mental.

Quer mais informações sobre saúde, entrar em forma, nutrição e dietas? Acesse agora: https://corposhow.com

Compartilhe: