A gengivite é uma inflamação, que como o próprio nome já indica, ataca a gengiva das pessoas. Esse pode aparentar não ser um problema que traz sérios riscos a vida das pessoas, mas, se não cuidada, pode incomodar bastante e agravar a situação em outras áreas próximas.

Neste artigo, falaremos sobre as principais causas da gengivite, formas de evitar, problemas decorrentes dessa condição e a importância de um acompanhamento odontólogo para todos ao longo da vida. Fique com a gente e confira!

O que causa a gengivite?

A principal causa da gengivite é a falta de higienização da boca. Desde pequenas as pessoas são incentivadas ao cuidado bucal.

Além disso, recebem a recomendação de que é necessário ter um cuidado especial na hora de realizar a higienização da boca e dos dentes, e é justamente para impedir que problemas como esse apareçam.

O que acontece para a formação dessa inflamação é o acúmulo de bactérias dentro na área pela falta de escovação adequada, ausência do uso do fio dental e outras ações de higiene recomendadas.

Isso porque quando há comida presa entre os dentes, por exemplo, as bactérias se proliferam na boca, gerando essa inflamação bastante problemática, que pode afetar, inclusive, os dentes.

Sintomas

Diversos sintomas podem indicar que a pessoa está com a gengivite. A maior parte deles aparecem na região da boca, justamente por ser a área atacada. 

Confira alguns dos principais sintomas:

  • Vermelhidão na gengiva;
  • Dor na região;
  • Sangramento durante a escovação;
  • Mau hálito;
  • Aparecimento de feridas e pus.

Como evitar?

Para evitar a gengivite existe apenas um caminho: ter os cuidados necessários e diários com a escovação, uso de fio dental e retirada de alimentos presos aos dentes.

Como a principal causa da gengivite é justamente a falta de higienização adequada, a forma mais garantida de que você não terá essa doença é justamente adequando os cuidados com a sua saúde bucal, inclusive quando há o uso de tratamentos como aparelho invisivel.

Problemas nos dentes

A gengivite, quando ela está em estados mais agudos, pode causar sérios danos aos dentes. 

Ela pode, por exemplo, danificar a estrutura dentária, tornando necessário a utilização de tratamentos, inclusive mais invasivos.

Um objeto que pode ser utilizado para trabalhar na reestruturação dos dentes, caso a inflamação prejudique a estrutura em aparência e resistência, é a lente de contato dental

A vantagem desse item é que a lente não precisa ser utilizada em toda a arcada dentária, podendo selecionar apenas um dente que está mais danificado e que precisa de tratamento mais específico.

Além de problemas estruturais, a gengivite também pode causar a perda dos dentes, o que pode ser bastante problemático para as pessoas, por diversos motivos.

Perder os dentes afeta a autoestima e muitas pessoas acabam recorrendo a tratamentos para substituí-los, como um implante dentário. Já a dentadura é uma opção que não agrada muito, principalmente em casos de pessoas mais jovens.

Um implante é posicionado na boca para poder posicionar as próteses. É um tratamento eficaz e interessante, trazendo de volta o sorriso que foi perdido. Mas, é importante ficar atento em relação ao valor de um implante dentário para que você esteja preparado.

Acompanhamento odontológico

Para finalizar, é importante destacar a necessidade de um acompanhamento odontológico para as pessoas.

A gengivite, por exemplo, é uma inflamação que pode ocorrer em diferentes etapas da vida e, por isso, durante todas essas etapas é necessário que você realize acompanhamento para descobrir esses problemas o quanto antes.

Um dentista é especialista em diferentes tratamentos. Para as estruturas dos dentes, podem recomendar o uso de aparelhos. Para melhorar a coloração dos dentes, pode trabalhar em cima de clareamento dental.

Cada tipo de situação necessita de um atendimento e tratamento específico. 

Justamente por isso que é fundamental ter esse acompanhamento ao longo da vida, pois eles saberão indicar cada procedimento necessário para deixar sua saúde bucal a melhor possível conforme as especificidades de quadro e saúde geral.

Por fim, não tenha vergonha. Ao procurar o acompanhamento, se sinta à vontade para explicar o que está acontecendo ou então perguntar o que deseja, como sobre quanto custa um clareamento dental, que os dentistas certamente te ajudarão. 
Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Vue Odonto, uma rede especializada em atendimento odontológico com enfoque na humanização.

Qual a sua reação?

Animado
0
Feliz
0
Apaixonado
0
Mais ou menos
0
Empolgado
0

Você pode gostar

Os comentários estão fechados.

Mais em:Blog