Marketing Digital

Ferramentas e vantagens do Marketing Esportivo

marketing esportivo

A evolução do marketing esportivo abriu caminho para a utilização de variadas ferramentas e canais de divulgação, valorização de marcas e interação com o público. As estratégias estão cada vez mais apuradas e visam aproveitar todas as oportunidades mercadológicas para a conquista desses objetivos. 

Neste texto vamos destacar as mais utilizadas e seus conceitos.

  • Marketing de Relacionamento

Preponderante em todos os ramos do marketing, o marketing de relacionamento visa a interação e fidelização de clientes por meio de artifícios positivos, tornando o consumidor um verdadeiro seguidor e admirador de seus produtos e serviços. 

Atrelado à gestão esportiva, esse segmento é extremamente relevante e até simples de ser trabalhado, afinal, o público já está aberto a conhecer e acompanhar tudo que é lançado e referente a seu clube/atleta predileto.

Imagine que um e-commerce vende produtos personalizados de determinado time de futebol. Ao investigar a persona e perceber sua aceitação a esse nicho, é possível cativá-la com as novidades, promoções, descontos especiais e tudo que seja relacionado a sua paixão. Para isso, porém, vale uma ótima pesquisa e análise, sobretudo acerca do momento atual da equipe – se está em alta e é campeã de um torneio, eis a hora perfeita para utilizar ótimas técnicas de marketing.

  • Eventos

Os eventos têm como meta a valorização de um local, atraindo turistas e o público da região a prestigiar ligas e torneios, bem como garantir que a cobertura da mídia renda bons ganhos para patrocinadores e participantes. 

Para se ter ideia, a disputa para sede de eventos renomados como as Olimpíadas passa por um longo processo, na qual avalia-se uma série de critérios como política, meio ambiente, legado, saúde, segurança, transporte e até o marketing. O retorno financeiro é muito proveitoso, o que leva muitos países a se candidatarem para o posto.

Você sabia? Somente a venda de ingressos nas Olimpíadas de 2016 rendeu um lucro de 960 milhões de reais. Impressionante!

  • Mídias

Mídias tradicionais como o rádio e a TV são cruciais para o sucesso do marketing esportivo, não é à toa que cursos online relativos a esses canais podem agregar valor à carreira do profissional desse segmento, além de abrir boas oportunidades para os interessados na área.

O rádio foi o precursor na transmissão de eventos e programas voltados ao esporte, que perduram e conquistam uma ótima audiência até hoje. Já a TV abriu novos caminhos e tem sido o principal veículo de interesse das organizações voltadas ao marketing no esporte, sobretudo nos anúncios em intervalos de jogos ou o patrocínio direto aos torneios.

A Rede Globo, emissora detentora dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro de Futebol, investe cerca de 2 bilhões anualmente para cobrir os jogos do evento. 

Esse valor é mínimo frente ao lucro do canal, que alcança mais de 1 bilhão por ano na venda de apenas uma cota de publicidade – na média, são cerca de 10 cotas, o que garante mais de 10 bilhões de ganho – isso sem contar outras variáveis, como planos de pay-per-view e parcerias com clube para cessão de direitos internacionais ou de internet.

  • Internet e redes sociais

Falando em internet, esse canal também apresenta relevância quando se trata de novos métodos de se fazer marketing esportivo. A popularização das redes sociais contribuiu para uma melhor interação de empresas e clubes com seu público, além de facilitar a informação e o acesso às notícias, eventos e novidades das delegações.

Além disso, campanhas voltadas para a web apresentam um ótimo potencial de viralização e reconhecimento para marcas, times e personalidades esportivas. Um exemplo interessante é quando um atleta promove determinado produto em suas redes sociais. O Instagram é um dos mais utilizados para esse objetivo.

  • Assessoria de Imprensa

A assessoria de imprensa atua lado a lado com o marketing esportivo, na promoção de produtos, atitudes e ideias, na valorização da imagem de uma marca, clube ou personalidade e em toda a comunicação pertinente a esse nicho. A ideia é aproveitar as melhores estratégias para interagir e criar um bom relacionamento com o público, sobretudo nas redes sociais, via canais informativos e até na promoção de eventos.

  • Propaganda, Merchandising e Promoção de Vendas

Essas ações são o carro chefe de toda campanha de gestão esportiva, sobretudo em corporações interessadas a associarem seus produtos aos meios voltados ao desporto. Esses conceitos se complementam e podem ser realizados seguindo variados padrões, da propaganda na TV à promoção de um produto em determinada praça, utilizando diversos canais e estratégias.

Um exemplo prático é quando um atleta de ponta torna-se garoto propaganda de uma marca e toda publicidade passa a ser voltada para essa relação. Com certeza você já viu algum comercial do Neymar promovendo os produtos da Nike, da Gillete ou da Listerine – a ideia é popularizar e associar cada vez mais a imagem de um dos maiores jogadores de futebol do mundo a uma destas organizações.

  • Pesquisa

Pesquisas de segmentação também são ferramentas primordiais para se estabelecer um bom plano de marketing esportivo. 

O método qualitativo é o principal, com a necessidade de conhecer detalhadamente o perfil do público e das personas que têm potencial para se tornarem consumidores assíduos. Embora seja um processo trabalhoso, facilita todas as ações de marketing e fideliza de modo orgânico.

  • Licenciamento

O licenciamento foca na relação de clubes com parceiros e torcedores, dando concessão a uma marca – quase sempre voltada a produtos esportivos – sobre os direitos da equipe e seus atletas. 

Marcas como Nike e Adidas, por exemplo, são associadas a uma série de times, o que garante exclusividade na produção e ligação da empresa com os produtos e serviços voltados à equipe, como uma verdadeira aliança que gera vantagens para ambos os lados.

  • Patrocínio Esportivo

E os patrocínios esportivos, como são realizados? Bom, cabe salientar que essa relação vai muito além da exposição de logos de determinada empresa no uniforme dos atletas. Entende-se como patrocínio o investimento realizado por uma empresa pública ou privada em um evento, atleta ou equipe, visando atingir o público ou um mercado específico.

Quanto maiores e mais apuradas, as ações podem gerar um grande retorno ao investidor, e isso vai muito além da publicidade da qual já conhecemos. 

Um patrocinador tem ótimos benefícios, como a exclusividade na apresentação de eventos, a possibilidade de criar campanhas de interação e marketing de relacionamento com os colaboradores e clientes, bem como ações de engajamento voltadas ao público.

Nesse contexto, os profissionais voltados ao setor de marketing, comunicação e vendas da empresa devem formular bons projetos que vão além da propaganda propriamente dita. Colocar o consumidor como foco é um ótimo artifício, bem como pensar em estratégias voltadas à atração e a fidelização.

  • Vantagens do Patrocínio Esportivo

Por fim, listamos as principais vantagens do patrocínio no marketing esportivo:

  • aumento do reconhecimento da marca;
  • vendas maiores em curto e longo prazo, gerando lucro e retorno financeiro;
  • melhora a imagem, sobretudo em ações e campanhas voltadas à responsabilidade social;
  • promove determinado serviço ou produto, tornando uma referência em seu nicho;
  • motiva o público a segui-la, assim como gera orgulho e satisfação nos colaboradores.

O que você achou? Sabia de todos esses detalhes sobre o mundo do marketing esportivo? Deixe seu comentário e não esqueça de compartilhar este artigo com amigos e familiares.

Até a próxima!

Veja outros conteúdo e dicas

Qual a sua reação?

Animado
0
Feliz
0
Apaixonado
0
Mais ou menos
0
Empolgado
0

Você pode gostar

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.