Saúde

Entenda como uma noite mal dormida impacta na sua saúde

noite mal dormida

Falta de atenção, aumento dos níveis de ansiedade, perda de memória, dificuldade com a aprendizagem. Todos esses problemas são correlacionados e podem estar sendo originados por uma noite mal dormida ou por um problema crônico de privação de sono.

E isso se dá, principalmente, porque o repouso físico do corpo é insuficiente para permitir um descanso de qualidade, enquanto o organismo permanece em estado de vigília. 

Afinal, é durante o sono que acontece a regulação de todas as funções metabólicas, endócrinas e reparatórias.

Inclusive, é durante esse período que conseguimos assimilar as informações aprendidas durante o dia, consolidando esses dados como um conhecimento permanente. 

Por isso, se o paciente sofre com algum tipo de distúrbio que atrapalhe o repouso, o corpo passa a apresentar sintomas, como:

  • Aumento do estresse;
  • Irritabilidade;
  • Problemas no sistema imunológico;
  • Surgimento de doenças metabólicas, como a diabetes;
  • Ganho excessivo de peso, entre outros.

Mas os efeitos adversos dessa privação não acabam por aí. A sua saúde bucal também pode sentir os efeitos do cansaço excessivo, por meio do aparecimento de doenças e condições parafuncionais que prejudicam as estruturas dentais e toda a cavidade oral.

Como o sono pode impactar a saúde bucal?

A relação entre a qualidade do sono e a saúde das estruturas bucais pode trazer algumas confusões para muitos pacientes. 

No entanto, as interferências no processo de descanso são capazes de causar danos diretos na integridade do esmalte dentário, nas raízes dos dentes e nos tecidos gengivais.

E isso acontece devido o surgimento de condições, como:

  • Bruxismo

O bruxismo é uma condição parafuncional – que tem uma natureza involuntária ou inconsciente – que faz o paciente ranger os dentes enquanto dorme ou apertá-los em uma mordida forte enquanto estão acordados.

Essa condição está diretamente relacionada com os altos níveis de estresse e cansaço, podendo causar danos intensos às estruturas dentais. 

Assim, os pacientes que sofrem com essa condição podem ter erosões severas, quebras ou rachaduras nas estruturas, comprometimento das raízes ou até sofrer com o edentulismo.

Por isso, é fundamental a visita com um dentista para que seja feito o diagnóstico adequado e as dúvidas quanto ao aparelho para bruxismo valor sejam devidamente sanadas. Assim, o tratamento pode ser iniciado o quanto antes.

  • Gengivite e Periodontite

Muitas pessoas consideram o ronco uma característica normal. E, ainda que esse quadro não seja muito severo na maioria dos casos, a apneia do sono indica problemas com a respiração durante o sono. 

Isso significa que, o paciente precisa parar ou diminuir a execução dessa ação, diversas vezes durante a noite.

Isso, além de prejudicar a qualidade do descanso e da oxigenação do sangue, também traz diversos prejuízos à cavidade oral, pois aumenta os riscos do desenvolvimento de doenças bucais graves, como a gengivite e a periodontia.

Essas doenças, por sua vez, são constituídas pela inflamação das gengivas e dos tecidos que fazem a sustentação dos dentes, podendo trazer consequências à saúde e a integridade dos dentes, bem como, ao bem-estar de todo o organismo.

Elas são mais facilmente contraídas devido o ressecamento da cavidade oral, que permite a reprodução bacteriana em maior quantidade e ainda pode prejudicar os acessórios odontológicos, como o aparelho ortodôntico transparente preço.

Como o paciente que sofre com a apneia, geralmente, dorme com a boca aberta, os riscos de desenvolver essas patologias aumentam exponencialmente.

  • Cáries

Além de todas as patologias já citadas, o ressecamento dos tecidos bucais, causados pelos distúrbios do sono, também contribui para o aparecimento de cáries em pacientes de todas as idades, mas principalmente nas crianças.

Por isso, é muito importante manter consultas frequentes com um dentista infantil e com o clínico geral pediatra, para o monitoramento dos padrões do sono, a manutenção da saúde e a garantia da qualidade do descanso, que é imprescindível para o desenvolvimento na infância.

Formas de prevenção e tratamentos

Essas infecções bucais, quando não tratadas logo no início, podem provocar consequências severas no bem-estar geral dos pacientes e até implicar em gastos evitáveis, como a extração de dente valor.

No entanto, o tratamento de cada quadro clínico irá depender do tipo de doença e da severidade de cada situação. Por exemplo, as gengivites mais leves podem exigir apenas uma limpeza profissional e a aplicação do gel de flúor.

Enquanto isso, as periodontias avançadas e o bruxismo severo podem exigir uma cirurgia dtm – para a correção da sobrecarga da articulação temporomandibular – ou a abertura cirúrgica das gengivas para a remoção da inflamação das raízes dentárias.

Por isso, a melhor forma de evitar essas complicações cumulativas é realizando uma boa higienização bucal antes de dormir, utilizando sempre o fio dental e o enxaguante bucal, para garantir a redução da ação bacteriana.

Mas, além disso, é fundamental a realização de consultas frequentes com dentistas e neurologistas para analisar a severidade dos problemas com o sono e iniciar um tratamento adequado que permita uma noite tranquila e descansada.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Veja outros conteúdo e dicas

Qual a sua reação?

Animado
0
Feliz
0
Apaixonado
0
Mais ou menos
0
Empolgado
0

Você pode gostar

Os comentários estão fechados.

Mais em:Saúde