queda de energia brusca

Conforme a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), os meses que apresentam os maiores índices de interrupções de energia no Brasil vão de outubro a janeiro. Tal informação é de extrema importância para empresas, não é mesmo?

Afinal, de posse desses dados fica fácil recorrer a equipamentos que vão ajudar a manter protegidos computadores, notebooks, servidores e outros itens diante de picos de tensão, quedas de energia repentina e outros problemas. 

Dispositivos eletrônicos podem sofrer danos ou até mesmo queimar diante do corte repentino de energia elétrica ou de problemas como flutuações de energia elétrica. As empresas sofrem e muito quando situações como essas acontecem. Diante de uma queda inesperada o servidor para de funcionar, e agora?

Muitas vezes, esse problema dura pouco tempo, mas a empresa perde produtividade e dinheiro. E quando essa situação ocorre em um hospital, por exemplo, que precisa manter tudo ligado e funcionando?

Diante dessas duas situações, é preciso contar com equipamentos que sejam capazes de proteger os computadores, notebooks, servidores, impressoras e qualquer outro dispositivo.

Nobreaks asseguram o funcionamento de equipamentos quando falta energia elétrica

Quando pensamos em empresas, a proteção precisa ter mais força, diferentemente de uma residência, por isso, é fundamental contar com nobreak. Esse equipamento é responsável por fazer com que, mesmo diante da falta de energia, tudo vai continuar funcionando como se nada tivesse acontecido.

Já em ambientes que trabalham com dados sensíveis, como data centers e hospitais, a presença de um gerador é imprescindível.

Vantagens de contar com um gerador

Como o próprio nome já diz, o gerador é responsável por gerar energia por meio do uso de combustível. No entanto, eles demoram um pouco para entrarem em funcionamento, por isso é preciso usá-los em conjunto com nobreaks. Assim, as máquinas continuarão funcionando até que o gerador funcione.

Caso a reestabelecimento de energia demore, o gerador assegurará que todos os equipamentos permaneçam funcionando.

Quando recebem o dimensionamento adequado, o gerador será capaz de evitar que sua empresa tenha prejuízos diante de equipamentos que sofreram danos ou que queimaram devido a oscilações.

Com o uso do gerador, a produtividade de sua empresa está garantida, pois todos os equipamentos continuarão funcionando. Porém, como já dissemos, até que o gerador entre em funcionamento, o nobreak vai garantir que tudo continue operando.

Se a sua empresa trabalha com produtos perecíveis, o gerador assegurará que esses produtos não se percam e como resultado, sua empresa não vai perder dinheiro. Isso, porque não precisará descartar e, como dito no parágrafo acima, não vai deixar de ganhar, pois tudo continuará em operação.

Além disso, um fator muito importante é que o fluxo contínuo de voltagem permanece de forma regular sem oscilações, quedas ou picos da rede.

De fato, a falta de energia elétrica ou a ausência de um fluxo contínuo pode resultar em problemas diferentes para todos as empresas independentemente do tamanho que elas tenham.

Por isso, contar com a presença de nobreaks e de geradores é a melhor forma de evitar que danos a equipamentos e a produção seja mantida, pois nada será interrompido com a presença desses itens. Mas vale lembrar que também é fundamental contar com uma infraestrutura elétrica que tenham capacidade para colocar tudo em funcionamento.

Qual a sua reação?

Animado
0
Feliz
0
Apaixonado
0
Mais ou menos
0
Empolgado
0

Você pode gostar

Os comentários estão fechados.

Mais em:Blog