PERFUME: O CHEIRO MUDA DE ACORDO COM A PELE?

Cada pele tem um cheiro único e isso é resultado de nossa alimentação, nossos hábitos de vida e nossa genética. Como resultado, o cheiro da pele muda de pessoa para pessoa.

Veja algumas curiosidades:

  • Perfumes duram mais tempo em peles oleosas. A fragrância se fixa na oleosidade da pele e demora mais para evaporar.
  • Notas cítricas funcionam muito bem para quem tem pele oleosa, se destacando mais do que nas peles secas.
  • Quanto mais quente o corpo mais rápida a evaporação do perfume, portanto se você sentiu um perfume em alguém em um dia frio e o usou no verão pode achá-lo fraco ou com baixa fixação.
  • Os poros podem secretar no suor resíduos de condimentos ingeridos durante o dia, mudando a maneira como o perfume é sentido.
  • Pouca gente leva isso em consideração, mas o material de suas roupas, os produtos químicos usados na lavagem e até a maneira como você guarda suas peças (adquirindo cheiro do armário, por exemplo) pode influenciar indiretamente na maneira como o perfume é sentido.
  • Desodorante, creme de barbear e pós-barba devem ser o mais neutro possível ou, pelo menos, ter um aroma de curta duração. Misturar um perfume cítrico com um óleo de barba mentolado, por exemplo, vai mudar completamente o resultado da fragrância.

Confira algumas dicas:

  • Aposte no perfume, não nos odores dos produtos de higiene e beleza, estes tem que ser suaves ou não possuir nenhum aroma.
  • Quem tem pele seca vai aproveitar mais o perfume hidratando-se com frequência.
  • Se for usar uma roupa de couro, escolha um perfume que tenha notas como couro, musgo, tabaco e madeira, provavelmente ele não vai brigar com o odor natural da roupa, como poderia acontecer com algo floral ou cítrico.
  • Cuidado na hora de aplicar perfume e deixar pegar na roupa, se a peça não vai direto para a lavanderia pode guardar o cheiro por alguns dias e se você não repetir o perfume na próxima vez que usá-la, o resultado pode ser desastroso.
  • Para conhecer o cheiro que o perfume terá em você, borrife-o na pele, deixe interagir e sinta sua evolução ao longo de algumas horas.

Dermatologista Dra Juliana Fonte