Diretório de Artigos » Religião » Qual a importância da igreja no amadurecimento dos jovens?
Igreja
Religião

Qual a importância da igreja no amadurecimento dos jovens?

Quando falamos sobre igreja e religião, é bastante comum que várias dúvidas surjam no meio do caminho, principalmente em relação aos papéis de cada uma na vida dos jovens, já que em maioria, os jovens não costumam a desenvolver a sua espiritualidade.

Separamos este post especialmente para tirar fora algumas dúvidas que podem surgir em sua mente decorrentes a este assunto. A adolescência por si só já é um tema complexo, uma vez que cada pessoa passa por ela de uma maneira diferente, mas quando unimos a fé a isso, se torna ainda mais complicado.

Quer saber o que preparamos em relação a isso? Continue lendo este texto até o final!

Qual a importância da igreja no amadurecimento dos jovens?

A importância da igreja no amadurecimento dos jovens continua sendo discutida, uma vez que ficamos dependentes da visão de cada um em relação a igreja, portanto, nos dirijamos a isso de forma mais abrangente, ligando diretamente a fé.

A fé pode ser um alicerce muito positivo na vida dos jovens, principalmente neste primeiro período da adolescência, onde tudo é muito incômodo e curioso, onde as dúvidas e as revoltas se acumulam aos montes.

A fé neste momento pode apaziguar, tirar fora as dúvidas e fazer com que o jovem entenda que tudo em sua vida já tem um propósito, mas que seguir isso ou não depende dele.

Dessa maneira, as coisas que não dão certo não trazem tanto desespero, mas a paz de saber que tudo acontece por um motivo.

A fé tira fora boa parte da ansiedade

Tomando como gancho o aspecto anterior, podemos entender então que a fé ajuda os jovens a perderem um pouco dessa primeira ansiedade que bate. É claro que a fé não substitui o apoio familiar e uma boa dose de terapia, mas precisamos compreender que este pode vir a ser um ótimo auxílio.

É importante que jovem possua algum conhecimento sobre a religião, assim entenderá que os pequenos problemas que surgem nada mais são do que obstáculos que com paciência e fé serão cruzados, sem dúvidas.

A fé faz com que os jovens reflitam mais sobre as suas ações

Uma característica bastante comum entre os jovens é a falta de atenção aos seus atos, ou seja, a inconsequência. Uma simples atitude inconsequente pode definir muitas coisas na vida de um adolescente, por isso é importante que ele conheça o poder de seus atos.

A fé faz com que o jovem compreenda que uma atitude errada pode lhe desencadear sérias consequências que perdurarão durante toda a vida.

É importante, no entanto, que o adolescente não enxergue a igreja como um órgão que pune, não é bem assim que as coisas são, mas não podemos tomar más atitudes achando que sairemos sempre impunes.

Mais claro discernimento de certo e errado

A igreja desde sempre trabalha uma visão bem definida de certo e errado, justamente por isso o jovem passa a entender mais facilmente o que ele deve ou não deve fazer. O que lhe cabe ou não escolher para a sua vida.

É claro que, naturalmente, para alguns jovens isso soará como uma afronta, uma limitação, mas para outros isso será apenas um detalhe a ser seguido.

O importante, em qualquer uma das duas situações, é que o jovem compreenda de fato o que ele está certo em fazer e o que não.

A fé traz acalento

A coisa mais importante sobre a fé, é que ela ao menos deveria ser encarada como um grande porto seguro, não apenas para os jovens, mas para qualquer pessoa.

Se você ainda não vê a fé dessa forma, passe a fazê-lo e a sua vida será muito mais leve. Quando os jovens passam a compreender que a igreja tem um papel de confortar, de ser um apoio, é comum que essa relação se fortaleça relevantemente.

Mais respeito aos pais

É comum que os jovens não compreendam os seus pais no início da adolescência, por isso é comum que conflitos ocorram.

Já quando os jovens passam a compreender a essência da fé, entendem também que é necessário respeitar os seus pais para que possuam vida longa.

Isso ajuda na relação dos pais, que muitas vezes fazem orações pelos filhos pedindo para que mudem os seus comportamentos.

No final das contas, a religião é muito importante para qualquer pessoa, mas ainda mais para os jovens que por muitas vezes ainda não possuem opiniões consistentes sobre a vida.

Não force os adolescentes que conhece a frequentarem a igreja, isso só gerará revolta. Incentive-os a ter fé, acreditar e serem bondosos consigo mesmos e com os outros.

O amor vem antes do ato de frequentar o templo, lembre-se disso e faça com que as pessoas ao seu redor conheçam essa mesma verdade, isso é o que move a fé!

Sugestões:

%d blogueiros gostam disto: