catarata

A catarata causa o turvamento de uma lente ocular posicionada atrás da íris, o cristalino. Especialistas estão tratando catarata como o principal responsável pela perda total da visão em pessoas com mais de 40 anos. 

Segundo a Organização Mundial da Saúde, mais de 50% dos casos de cegueira no mundo (cerca de 20 milhões de pessoas) são provocados pela catarata. 

Para se ter uma ideia, 1,2% de toda a população da África é cega e 36% dos casos são resultado da doença. 

catarata é a turvação das lentes naturais do olho, o que impede uma visão clara. É a causa mais comum de perda de visão entre pessoas com mais de 40 anos.

No Brasil esse número é ainda maior, 49% dos casos de perda total da visão são devido à catarata. 

Ainda que a medicina por aqui tenha avançado e o número de cirurgias restauradoras da visão tenha crescido, ainda é comum que pessoas fiquem cegas com o avanço da doença.

Formas de catarata

De uma forma geral, a catarata afeta o cristalino. Mas existem 3 formas diferentes de a doença se manifestar. 

Ela pode se manifestar nestes três tipos:

  • Catarata subcapsular: ocorre na parte posterior do cristalino. Pessoas com diabetes ou que tomam altas doses de medicamentos esteróides têm maior risco de desenvolver catarata subcapsular.
  • Catarata nuclear: este tipo de catarata se forma profundamente na zona central (núcleo) do cristalino. A catarata nuclear geralmente está associada ao envelhecimento.
  • Catarata cortical: é caracterizada por opacidades brancas em forma de cunha que começam na periferia da lente e seguem para o centro em forma de raio. Este tipo de catarata ocorre no córtex do cristalino, que é a parte do cristalino que circunda o núcleo central.

Tratando catarata: Existe uma cura natural para a catarata?

Não existe um tratamento ou uma cura que seja por meios naturais. Não há estudos que comprovem que a doença regrediu ou foi retardada por meio de medicamentos fitoterápicos ou medicina alternativa.

Porém, os médicos afirmam que cuidados básicos com a  saúde e com o estilo de vida podem evitar o surgimento precoce e o avanço rápido da catarata.

Hábitos saudáveis são sempre indicados pelos profissionais e alguns deles são:

  • Visite o consultório oftalmológico regularmente. Assim, problemas de visão podem ser detectados precocemente e serem tratados desde cedo.
  • Pare de fumar. O hábito não está diretamente ligado à visão, mas prejudica a saúde de forma geral e deixa o corpo propenso a doenças. 
  • Reduza o consumo de álcool e controle os problemas de saúde. Problemas de saúde como diabetes, assim como o uso excessivo de álcool, podem aumentar a probabilidade de catarata.
  • Coma frutas e vegetais. Uma dieta rica em vitaminas e minerais está associada com a melhora da saúde geral e com a redução do risco de catarata.
  • Use óculos de sol. Ainda que o dia esteja nublado, é fundamental proteger os olhos dos raios UVA e UVB que podem causar e piorar a catarata.
  • Controle o consumo de medicamentos, alguns estão diretamente ligados ao surgimento de catarata. Converse com seu médico.

É possível reverter a catarata sem cirurgia?

Atualmente, o único meio seguro e eficaz de curar a catarata é por meio de cirurgia. Ela consiste na retirada do cristalino doente e substituição por uma lente artificial. 

Existem estudos norte-americanos desde 2015 que investigam o uso de algumas substâncias para o tratamento da doença sem necessidade de cirurgia.

Até hoje nada foi colocado em prática no Brasil, seguimos fazendo as cirurgias em pessoas com a doença em estado mais avançado. 

O SUS também oferece o serviço à população e esse tipo de cirurgia pode ser feita gratuitamente em muitos municípios brasileiros. 

O procedimento é rápido, dura cerca de 30 minutos. O paciente pode retornar às suas atividades normais 30 ou 60 dias depois. 

Como é feita a cirurgia de catarata?

Existem 3 tipos de cirurgia de catarata:

Facoemulsificação: Quando o cristalino é fragmentado e sugado de sua cápsula. Nela é depositada uma nova lente, artificial e intraocular.

Extracapsular: Quando é retirado o cristalino inteiro junto de sua bolsa. A nova lente é depositada atrás da íris fora da cápsula.

Intracapsular: Quando o cristalino é retirado e a nova lente é colocada à frente da íris.

Tratando catarata do jeito correto, ela é curada e não retorna. Caso o paciente perceba turvação na visão tempos depois, o médico especialista em catarata pode revisar o procedimento e indicar a solução. 

Qual a sua reação?

Animado
0
Feliz
0
Apaixonado
0
Mais ou menos
0
Empolgado
0

Você pode gostar

Os comentários estão fechados.

Mais em:Saúde